quinta-feira, 1 de abril de 2010

Matando a saudades!

Andei meio ocupada ultimamente,



Faz tempo que eu não posto, muito tempo mesmo. Mas agora é promessa, vou postar muito! Porque nesse tempo sem postar muita gente veio me perguntar porque eu não tava postando, veio me dizer que lê tudo o que eu escrevo. Eu, sinceramente, pensei que não tinha visitas. Pensei que ninguém gostasse de ler isso, MAS GOSTAM! E a pedido desses abençoados que eu admiro demais, irei postar e não abandonarei o blog. amém!
Nesse meio tempo eu fiz bastante festa, joguei bastante sinuca, estudei um pouquinho e até me apaixonei! (N) Sim, eu me apaixonei gente. Palmas pra ele! HAHA. Me chamaram de patricinha por causa desse jeito revoltado e das coisas que escrevo aqui, nada a ver isso. Primeiro que quem me vê todo dia sabe que eu não tenho nada de nojentinha e eu odeio rótulos, e nunca fui patricinha, nem emo, nem punk, nem nada. Sou apenas uma pessoa que tenta buscar liberdade, tenta expressar suas ideias e quer que pelo menos por um minuto alguém as escute. Acho que todos, de alguma forma são assim, mas uns não demonstram, se isolam, e acabam se magoando com as próprias opções. As vezes eu me pergunto se algum dia alguém vai dá algum valor pra o que eu sinto ou o que eu penso sobre esse mundo que cada vez mais tá perdendo seus valores? E me pergunto, se o mundo está ignorando os valores, será que vai saber o que é dá valor pra o que sentimos? Será que a minha voz um dia será ouvida? Ou será que eu vou ter que morrer sem saber se sou correspondida por quem eu amo? Vou ter que morrer sem saber se o mundo vai evoluir da forma mais inteligente e não tão intelectual? Penso eu que todos tem dúvidas sobre inúmeros assuntos, mas nunca acha soluções. As vezes acabamos chorando e deprimidos e nem sabemos o motivo até que nos deparamos com essas dúvidas, e ao achar solução a elas parece que toda ou parte dessa depressão passa. E se talvez em vez de criticar pessoas como eu, você, também expressasse suas ideias não se magoaria tanto, não se fecharia tanto, seria mais feliz. Porque eu não sou a pessoa mais contente do mundo, mas garanto que consigo sorrir todos os dias e dormir dizendo que aquele dia valeu a pena. Porque aprendi a ver no erro, uma aprendizagem pro futuro. E nas criticas não tiro ódio e nem desprezo, mas sim uma forma de crescer como ser humano. E estou apaixonada gente *-* HUIASOHAUISHAUSIH' Beijo&comentempraeusaberqueestãolendo. :)

4 comentários:

Flávia disse...

owwwwn! Amanda filósofa! *-*
meeeo, eu confesso que eu so uma das pessoas que sempre lê teus posts e que adóro o que tu escreve!
aiin, que meiguinha, ela ta apaixonada! :D hihi! te amo gata ♥

Amanda Francielly disse...

aiin. eu é que te amo e obrigada por aguentar ler esse monte de merda *-* ti amo. sim, to apaixonada! ♥ AUISHOAUISHASUIAHSAUISH'

Sbrana disse...

tá na hora de voltar a escrever aki...

não acha ?

;*

Amanda Francielly disse...

é verdade!
prometo que vou entrar menos no orkut e msn e postar mais.
prometo prometo!